Nessa sexta-feira, o chefe do Departamento de Gestão Agroindustrial da Universidade Federal de Lavras (UFLA), professor Renato Fontes, concedeu entrevista ao programa Bom Dia Cidade, da EPTV, sobre a queda na renda de produtores de café apontada por um levantamento da Emprapa.

Na última década o faturamento bruto cafeeiro teve uma redução de 24%. O pesquisador aponta que em 2018 houve um aumento de produção na safra, cerca de 62 milhões de sacos, e em 2019 houve a diminuição da produção, perdendo assim o 4º lugar para o algodão, fazendo com que a importância monetária da produção caísse.

O primeiro lugar do ranking de faturamento de produção no Brasil é ocupado pela Soja, seguido da cana-de-açúcar, depois milho e por fim o algodão, ocupando o lugar do café depois de uma década. 

Os detalhes sobre o assunto você confere no programa Bom Dia Cidade.

Instituições de ensino são importantes atrativos para a realização de novos investimentos no município, além disso, são movimentados e injetados na economia da cidade recursos financeiros decorrentes dos pagamentos dos salários dos servidores, terceirizados, estagiários, e bolsistas. Obras, equipamentos, despesas de custeio e recursos retidos dos prestadores de serviços, a título de tributos municipais, como o Imposto sobre serviços de qualquer natureza (ISSQN), são outros fatores que interferem na economia local.

Uma pesquisa feita por um estudante da Universidade Federal de Lavras (UFLA) foi destaque nos jornais da EPTV Sul de Minas 1ª e 2ª edições dessa segunda-feira (26). A pesquisa foi realizada pelo engenheiro agrônomo Paulo Henrique Oliveira Sá Fortes e mostrou os custos de produção de café na última safra, tanto na produção manual, quanto na mecanizada e semimecanizada.

Parceria entre UFLA e Epamig vai utilizar software de gerenciamento de custos para identificar a produtividade de diferentes cultivares

Uma parceria entre a Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) e o Centro de Inteligência de Mercados (CIM) da Universidade Federal de Lavras (UFLA), coordenado pelo professor Luiz Gonzaga de Castro Júnior, vai propiciar a avaliação dos impactos econômicos e de produtividade das cultivares de café desenvolvidas pela empresa em parceria com as universidades federais de Viçosa e Lavras. Pela proposta, a Epamig será responsável pela coleta e registro das informações sobre custos de produção e o CIM processará os dados por meio do software Siges, que realiza o armazenamento de dados dos produtores, a geração de indicadores individuais, comparações e a construção de análises e relatórios.

Pesquisadores, professores, estudantes e produtores do país reuniram-se na Universidade Federal de Lavras (Ufla) na manhã desta terça-feira, dia 14, para a abertura do 10º Simpósio de Controle de Doenças e 5ª Reunião Brasileira sobre Indução de Resistência em Plantas. O evento disponibiliza resultados de pesquisas e debate temas relevantes sobre o manejo sustentável de doenças de plantas, contribuindo para a difusão de tecnologias, serviços e produtos desenvolvidos em instituições públicas e pela iniciativa privada.

Diretrizes para publicação de notícias de pesquisa no Portal da UFLA e Portal da Ciência

Mais>>

A Comunicação da UFLA, por meio do projeto Núcleo de Divulgação Científica e da Coordenadoria de Divulgação Científica, assumiu o forte compromisso de compartilhar continuamente com a sociedade as pesquisas científicas produzidas na Instituição, bem como outros conteúdos de conhecimento que possam contribuir com a democratização do saber.

Sendo pequeno o número de profissionais na equipe de Comunicação da UFLA; sendo esse órgão envolvido também com todas as outras demandas de comunicação institucional, e considerando que as reportagens de pesquisa exigem um trabalho minucioso de apuração, redação e revisões, não é possível pautar todas as pesquisas em desenvolvimento na UFLA para que figurem no Portal da Ciência e no Portal UFLA. Sendo assim, a seleção de pautas seguirá critérios jornalísticos. Há também periodicidades definidas de publicação.

Todos os estudantes e professores interessados em popularizar o conhecimento e compartilhar suas pesquisas, podem apresentar sugestão e pauta à Comunicação pelo Suporte. As propostas serão analisadas com base nas seguintes premissas:

  • Deve haver tempo hábil para produção dos conteúdos: mínimo de 20 dias corridos antes da data pretendida de publicação. A possibilidade de publicações em prazo inferior a esse será avaliada pela Comunicação.

  • Algumas pautas (pesquisas) podem ser contempladas para publicação no Portal, produção de vídeo para o Youtube, produção de vídeo para Instagram e produção de spot para o quadro Rádio Ciência (veiculação na Rádio Universitária). Outras pautas, a critério das avaliações jornalísticas, poderão ter apenas parte desses produtos, ou somente reportagem no Portal. Outras podem, ainda, ser reservadas para publicação na revista de jornalismo científico Ciência em Prosa.

  • As matérias especiais de pesquisa e com conteúdos completos serão publicadas uma vez por semana.

  • É possível a publicação de notícias sobre pesquisa não só quando finalizadas. Em algumas situações, a pesquisa pode ser noticiada quando é iniciada e também durante seu desenvolvimento.

  • A ordem de publicação das diversas matérias em produção será definida pela Comunicação, considerando tempo decorrido da sugestão de pauta, vínculo do estudo com datas comemorativas e vínculo do estudo com acontecimentos factuais que exijam a publicação em determinado período.

  • O pesquisador que se dispõe a divulgar seus projetos também deve estar disponível para responder dúvidas do público que surgirem após a divulgação, assim como para atendimento à imprensa, caso haja interesse de veículos externos em repercutir a notícia.

  • Os textos são publicados, necessariamente, em linguagem jornalística e seguindo definições do Manual de Redação da Comunicação. O pesquisador deve conferir a exatidão das informações no texto final da matéria e dialogar com o jornalista caso haja necessidade de alterações, de forma a se preservar a linguagem e o formato essenciais ao entendimento do público não especializado.

Sugestões para aperfeiçoamentos neste Portal podem ser encaminhadas para comunicacao@ufla.br.



Plataforma de busca disponibilizada pela PRP para localizar grupos de pesquisa, pesquisadores, projetos e linhas de pesquisa da UFLA