Na tarde de quarta-feira (20/3), a Pró-reitoria de Pós-Graduação (PRPG) deu as boas-vindas aos novos pós-graduandos da Universidade Federal de Lavras (UFLA). A aula inaugural foi realizada pela coordenadora do programa de pós-graduação em Fitotecnia, professora Patrícia Paiva, que apresentou os principais regulamentos e portarias, os mecanismos de avaliação dos programas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), os programas de apoio à divulgação científica e doutorado sanduíche, além da história da pós-graduação na Instituição, que teve início em 1975 com a pós em Agronomia e Administração.

A Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig) suspendeu bolsas de programas de iniciação científica (Pibic/Fapemig e BIC Júnior). O motivo é a crise financeira que levou o governo a cortar investimentos na ciência e tecnologia. De acordo com a reportagem, enquanto em 2018 o valor empenhado à Fapemig foi de R$ 205,9 milhões, neste ano, o montante reservado para compromissos firmados pela fundação foi de R$ 7,7 milhões - números extraídos do Portal da Transparência do Governo de Minas Gerais.

Estudos comprovam que o número de mulheres que ingressam no ensino superior é maior do que o de homens, porém é preciso atentar para as áreas que elas estão se inserindo. É o que afirma a professora da Universidade Federal de Lavras (UFLA) Vera Simone Schaefer Kalsing, do Departamento de Ciências Humanas (DCH), que, na pesquisa Mulheres no Ensino Superior investiga as diferenças no ingresso entre mulheres e homens nos cursos de graduação oferecidos pela UFLA.

Com o uso disseminado de smartphones no dia a dia, parece clichê adotar a prática de “uma câmera na mão e uma ideia na cabeça”. Mas nos anos 1960, quando produzir audiovisual custava muito caro no Brasil e predominava o cinema hollywoodiano, o cineasta baiano Glauber Rocha surgiu como um furacão criativo, propondo uma nova linguagem e estética cinematográfica, politizada e reflexiva. Eclodia o Cinema Novo, movimento com a pretensão de se contrapor à existência de “pouco espaço para a reflexão, para pensar o sentido real da vida e o sentido real de se fazer arte”, segundo dizia Rocha.  Meio século depois, o Cinema Novo ainda abre perspectivas de construção do pensamento crítico até na formação cultural dos professores, como propõe uma pesquisa do Departamento de Educação (DED) da Universidade Federal de Lavras (UFLA). 

Diretrizes para publicação de notícias de pesquisa no Portal da UFLA e Portal da Ciência

Mais>>

A Comunicação da UFLA, por meio do projeto Núcleo de Divulgação Científica e da Coordenadoria de Divulgação Científica, assumiu o forte compromisso de compartilhar continuamente com a sociedade as pesquisas científicas produzidas na Instituição, bem como outros conteúdos de conhecimento que possam contribuir com a democratização do saber.

Sendo pequeno o número de profissionais na equipe de Comunicação da UFLA; sendo esse órgão envolvido também com todas as outras demandas de comunicação institucional, e considerando que as reportagens de pesquisa exigem um trabalho minucioso de apuração, redação e revisões, não é possível pautar todas as pesquisas em desenvolvimento na UFLA para que figurem no Portal da Ciência e no Portal UFLA. Sendo assim, a seleção de pautas seguirá critérios jornalísticos. Há também periodicidades definidas de publicação.

Todos os estudantes e professores interessados em popularizar o conhecimento e compartilhar suas pesquisas, podem apresentar sugestão e pauta à Comunicação pelo Suporte. As propostas serão analisadas com base nas seguintes premissas:

  • Deve haver tempo hábil para produção dos conteúdos: mínimo de 20 dias corridos antes da data pretendida de publicação. A possibilidade de publicações em prazo inferior a esse será avaliada pela Comunicação.

  • Algumas pautas (pesquisas) podem ser contempladas para publicação no Portal, produção de vídeo para o Youtube, produção de vídeo para Instagram e produção de spot para o quadro Rádio Ciência (veiculação na Rádio Universitária). Outras pautas, a critério das avaliações jornalísticas, poderão ter apenas parte desses produtos, ou somente reportagem no Portal. Outras podem, ainda, ser reservadas para publicação na revista de jornalismo científico Ciência em Prosa.

  • As matérias especiais de pesquisa e com conteúdos completos serão publicadas uma vez por semana.

  • É possível a publicação de notícias sobre pesquisa não só quando finalizadas. Em algumas situações, a pesquisa pode ser noticiada quando é iniciada e também durante seu desenvolvimento.

  • A ordem de publicação das diversas matérias em produção será definida pela Comunicação, considerando tempo decorrido da sugestão de pauta, vínculo do estudo com datas comemorativas e vínculo do estudo com acontecimentos factuais que exijam a publicação em determinado período.

  • O pesquisador que se dispõe a divulgar seus projetos também deve estar disponível para responder dúvidas do público que surgirem após a divulgação, assim como para atendimento à imprensa, caso haja interesse de veículos externos em repercutir a notícia.

  • Os textos são publicados, necessariamente, em linguagem jornalística e seguindo definições do Manual de Redação da Comunicação. O pesquisador deve conferir a exatidão das informações no texto final da matéria e dialogar com o jornalista caso haja necessidade de alterações, de forma a se preservar a linguagem e o formato essenciais ao entendimento do público não especializado.

Sugestões para aperfeiçoamentos neste Portal podem ser encaminhadas para comunicacao@ufla.br.



Plataforma de busca disponibilizada pela PRP para localizar grupos de pesquisa, pesquisadores, projetos e linhas de pesquisa da UFLA